nós que aqui estamos por vós esperamos !!! ateh quando porraaaa

bom galeraaa o blog eh feitoo pra quem eh fã de misterios filmes de terror contos e por aii vai com o tempo irei postar links de videos assim como contos e os top 10 de lugares assombrados e de misterios hahah espero q gostem !!!!!

obrigado Vincent por me fazer acreditar nos meus piores pesadelos !!!

Pesquisar este blog

18/08/2010




esseeeeeee daIII COM CERTEZAAA EH O MELHORRR SITEEE PRA DOWNLOAD DE FILMES DE ZOMBIES HUAHUAHUAUHA COM CERTEZAAA O BLOG DO CARA EH FERA DIMAISSS !!!!

http://filmesdezombies.blogspot.com/ TEM DE UM TUDO SOBRE O GENERO ATEH MSMO ALGUMAS RARIDADE !!!! APROVEITEM !!!

02/08/2010

As 10 maiores assassinas de todos os tempos!

1- ELIZABETH BATHORY

Época em que atuou: Entre 1600 e 1611, na Hungria
Quantos matou: Entre 40 e 600
O que fez: A rainha das serial killers era uma condessa húngara muito louca. Interessada por magia negra, Elizabeth acreditava que conseguiria continuar jovem para sempre - desde que tomasse banho em sangue humano! Para o "tratamento rejuvenescedor", ela ordenava o rapto de garotas dos vilarejos próximos ao seu castelo. Depois, torturava, assassinava e usava o sangue das vítimas
Que fim levou: Por pertencer à nobreza, Elizabeth nunca foi acusada formalmente de qualquer crime. Mas o rei da Hungria Mathias II ordenou que ela ficasse presa na torre de seu próprio castelo, onde morreu em 1614 de causas naturais


2- MARY ANN COTTON

Época em que atuou: Entre 1852 e 1872, na Inglaterra
Quantos matou: Entre 15 e 21
O que fez: Ainda jovem, ficou grávida de um ferroviário e casou-se com ele. As suspeitas começaram quando o marido e alguns de seus filhos morreram por complicações gástricas. Depois, o segundo marido e mais dois filhos dele foram pro céu com sintomas parecidos. A mesma coisa aconteceu com um terceiro marido e outros parentes...
Que fim levou: A polícia concluiu que Mary Ann matava suas vítimas envenenando-as com arsênico e ficava com o seguro deixado pelos maridos mortos, eliminando possíveis herdeiros rivais. Foi enforcada em 24 de março de 1873

3- MARYBETH TINNING

Época em que atuou: Entre 1972 e 1985, nos Estados Unidos
Quantos matou: 9 ou mais
O que fez: Mesmo com saúde normal, seus nove filhos tiveram de ser hospitalizados às pressas e acabaram morrendo. A princípio, os médicos acreditaram tratar-se de alguma doença genética herdada da mãe. Mas a explicação furou em 1981, com a morte de um menino de 2 anos de idade adotado por Marybeth. Num inquérito policial, ela confessou ter sufocado três de seus bebês ainda no berço
Que fim levou: Condenada em 1987, cumpre pena numa prisão em Nova York. Em 2007, um juiz irá decidir se ela terá direito à liberdade condicional

4- MARIE NOE

Época em que atuou: Entre 1949 e 1968, nos Estados Unidos
Quantos matou: 8
O que fez: Protagonista de um dos casos mais chocantes de infanticídio (morte dos filhos), Marie teve dez filhos que morreriam um depois do outro, de causas supostamente naturais. Desconfiada, a polícia começou a investigar. Marie Noe confessou ter asfixiado quatro filhos, mas as provas indicavam que ela era culpada pelo assassinato de pelo menos oito deles
Que fim levou: Em 1999, um júri considerou que Marie Noe sofria de problemas mentais e a condenou a 20 anos de prisão, com cinco anos de tratamento psiquiátrico obrigatório

5- GENENE JONES

Época em que atuou: Entre 1981 e 1983, nos Estados Unidos
Quantos matou: 50 ou mais
O que fez: Contratada como enfermeira por um hospital do Texas, foi acusada de aplicar injeções com medicamentos letais. Por causa disso, mais de 50 bebês, crianças e idosos teriam ido estudar a geologia dos campos santos. Mas provas decisivas da maioria das mortes nunca foram apresentadas
Que fim levou: Foi condenada em 1984 por dois assassinatos que puderam ser comprovados. Suas penas somam 159 anos de prisão e ela segue presa até pelo menos 2009, quando terá direito a pedir liberdade condicional

6- BELLE GUNNESS

Época em que atuou: Entre 1900 e 1908, nos Estados Unidos
Quantos matou: Mais de 40
O que fez: Belle levava uma vida sossegada, não fosse por algumas coincidências: seu primeiro marido morreu subitamente. O segundo marido também foi pro saco, junto com o bebê que ele trouxera do outro casamento. Também rolaram mais umas 40 mortes estranhas: amantes, filhos, uma sogra... Em 1908, ela sumiu, depois de um incêndio em sua fazenda
Que fim levou: Investigações indicam que Belle envenenou vários familiares e amigos. Mas até hoje é um mistério se ela morreu no incêndio de 1908 ou se conseguiu escapar...

7- ROSEMARY WEST

Época em que atuou: Entre 1977 e 1987, na Inglaterra
Quantos matou: Pelo menos 10
O que fez: Estuprada na adolescência, Rosemary começou sua carreira de serial killer depois de juntar os trapinhos com o marido Fred West. Por dez anos, o casal atraía para sua casa garotas desabrigadas. As meninas eram torturadas, violentadas e, depois de mortas, tinham o corpo desmembrado. Após a prisão do casal, a polícia encontrou na casa o cadáver de uma de suas filhas e os restos de outras nove mulheres
Que fim levou: Condenada à prisão perpétua em 1995 por dez mortes, cumpre pena até hoje

8- AILEEN CAROL WUORNOS

Época em que atuou: Entre 1989 e 1990, nos Estados Unidos
Quantos matou: Provavelmente 7
O que fez: Teve uma infância de dar dó: era filha de um homem acusado de pedofilia, foi abandonada ainda criança pela mãe e criada por avós maternos que a espancavam. Para piorar, Aileen teria sido estuprada na adolescência - ela acusou o próprio avô. Depois, envolveu-se com uma amante lésbica e virou prostituta, matando pelo menos seis clientes num período de alguns meses
Que fim levou: Condenada à morte, foi executada em 2002. Sua história inspirou o filme Monster - Desejo Assassino (2004)

9- JANE TOPPAN

Época em que atuou: Entre 1880 e 1901, nos Estados Unidos
Quantos matou: Pelo menos 31
O que fez: O mundo de Jane caiu quando o noivo tascou-lhe um pé na bunda. Rejeitada, a moça tentou o suicídio. Sobreviveu e virou enfermeira particular, ostentando uma extensa lista de pacientes com mortes misteriosas. Em 1901, a polícia descobriu que ela aplicava em segredo doses letais de morfina em seus clientes
Que fim levou: Jane confessou 31 assassinatos e disse que queria tornar-se a maior assassina da história. Foi considerada louca e internada num asilo, onde morreu aos 84 anos

10- NANCY HAZLE DOSS

Época em que atuou: De 1927 a 1953, nos Estados Unidos
Quantos matou: Pelo menos 4
O que fez: Seu pai a forçava a cortar lenha aos 5 anos de idade e a obrigou a casar com um rapaz que mal conhecia. Em 1927, duas das quatro filhas do casal morreram - supostamente, por intoxicação alimentar. Nancy se separou e voltou a casar mais quatro vezes, mas todos os maridos tiveram morte suspeita. Em 1945, um neto morreu sob seus cuidados. O mesmo aconteceu com uma sogra anos depois
Que fim levou: Admitiu o assassinato de quatro maridos e foi condenada à prisão perpétua em maio de 1955. Morreu de leucemia na cadeia em 1965.